Formulário eletrônico melhora visualização de dados sobre Covid - 19 em municípios

Desafio

Formulários em papel dificultam o repasse de dados sobre a Covid-19 entre equipes da Estratégia Saúde da Família e Vigilância Epidemiológica dos municípios, repercutindo diretamente no monitoramento de pacientes com Covid-19.

Solução

A implementação de formulário eletrônico gratuito substituiu o uso do papel na notificação das síndromes gripais, garantindo melhor visibilidade dos dados sobre a Covid-19 para a gestão de saúde.

Impacto

A solução favorece o monitoramento da Covid-19 no município, possibilitando um melhor acompanhamento dos pacientes infectados, visando sua recuperação, bem como a redução da transmissão da doença na população.

Replicação

O formulário já foi implementado nos serviços de saúde de três municípios e está em fase de implementação em mais três.

Atua na gestão pública? Caso tenha interesse em implementar esta solução no seu município, entre em contato com a gente.

A crise da Covid-19 explicitou a importância de uma análise inteligente de dados para a definição de políticas públicas mais assertivas. Por todo o país, os serviços de saúde geram inúmeros dados sobre seus usuários e o funcionamento do sistema, mas a consolidação dessas informações em um painel que possibilite a análise do cenário e fundamente a tomada de decisão nem sempre é viável. Formulários em papel, falta de padronização de documentos e preenchimentos incompletos são obstáculos que dificultam o processo. 

Diante da pandemia de coronavírus, a cidade de Bezerros, localidade de Pernambuco com pouco mais de 60 mil habitantes, identificou uma dificuldade com as notificações de síndrome gripal geradas na Estratégia Saúde da Família (ESF), que precisavam ser repassadas para a Vigilância Epidemiológica do município. A coleta de dados em fichas de papel exigia importante mobilização de recursos humanos. Havia também uma fragilidade das informações, em razão de lacunas de preenchimento. 

Com atuação direcionada para o desenvolvimento de capacidade analítica nos governos, a equipe da Impulso, uma das organizações responsáveis pela CoronaCidades, trabalhou lado a lado com os servidores do município para desenvolver um Formulário Eletrônico de Notificação de Síndrome Gripal. A solução, digital e gratuita, foi pensada para dar mais agilidade e maturidade ao fluxo de dados dos serviços de saúde de Bezerros, integrar o trabalho da Atenção Básica com a Epidemiologia e, também, gerar economia com a eliminação do papel. 

Com a iniciativa, a gestão municipal passa a ter uma melhor visão das informações, o que melhora a qualidade do monitoramento da Covid-19 no município e impacta diretamente na saúde da população. Após a implementação em Bezerros, a solução já foi adaptada e replicada em outros cinco municípios. 

O apoio técnico da Impulso aos municípios ocorreu no âmbito do Programa de Apoio à Gestão da Crise do Instituto Votorantim, que oferece consultoria especializada a 22 municípios parceiros do Instituto Votorantim e BNDES na gestão da crise causada pela pandemia de Covid-19. 

Mais inteligência de dados e visão sobre a pandemia

O trabalho em Bezerros focou na integração de duas bases de dados em um mesmo formulário digital, reunindo em um só documento as informações úteis para a ESF e para a equipe de Epidemiologia, possibilitando que todos os profissionais de saúde tivessem a mesma visão do cenário, de ponta a ponta. 

A solução gerou a eliminação das notificações em papel, que chegavam a gerar cerca de 200 folhas por semana. Ao padronizar os dados e consolidar as informações em um mesmo painel, o formulário eletrônico também possibilitou à gestão pública ter mais visibilidade da pandemia, com dados mais maduros que favorecem o monitoramento e rastreamento da Covid-19  dos usuários que buscam o serviço de saúde. 

A implementação da solução foi gradual e discutida com a gestão de saúde do município e os profissionais da ponta. O período de maturação da ideia, entre o diagnóstico e a utilização do novo formulário na Estratégia Saúde da Família, foi de cerca de um mês. 

Replicação para outros municípios

A solução encontrada para apoiar a cidade pernambucana tem se mostrado útil para outros municípios. Com adaptações às realidades e necessidades de cada localidade, o Formulário Eletrônico de Notificação de Síndrome Gripal foi implementado nos serviços de saúde dos  municípios de Terra Nova (BA) e Belo Jardim (PE). 

A solução também está em fase de implementação nos municípios de Queimadas (PB), Itapeva (SP) e Una (BA). 

Esse conteúdo foi útil pra você?

Você trabalha no setor público?