Cronograma de Reabertura

Infelizmente o seu município ainda não cumpre todos os requisitos necessários para promover uma flexibilização de distanciamento social. Essa recomendação é de grande importância para a contenção da doença e é baseada no material produzido pela Vital Strategies e traduzido pela iniciativa CoronaCidades. De todo modo, para sua referência, apresentamos o cronograma de flexibilização que compõe este material. Ressaltamos que este cronograma não deve ser adotado por municípios que ainda não estão na situação de cumprimento dos requisitos apresentados.

AçãoReabertura inicial somente se todos os critérios acima forem atendidos4 a 8 semanas mais tarde se não houver um aumento significativo no número de casos e os critérios seguirem sendo atendidos8 a 16 semanas mais tarde se não houver um aumento significativo no número de casos e os critérios seguirem sendo atendidos
Lavar as mãos com frequenciaContinuarContinuarContinuar
Cobrir a boca quando tossirContinuarContinuarContinuar
Não sair de casa se estiver doenteContinuarContinuarContinuar
Uso de máscara se pessoas doentes saírem de casa ContinuarContinuarContinuar
Limpeza de superfícies e objetosContinuarContinuarContinuar
Aumentar ventilaçãoContinuarContinuarContinuar
Isolamento de casosContinuarContinuarContinuar
Quarentena de pessoas que tiveram contato com portadoresContinuarContinuarContinuar
Distanciamento físico de 2 metros quando possível – evitar aglomeraçõesContinuarPausar distanciamento físicoPausar distanciamento físico
Suspensão de visitas a asilos, hospitais e moradias coletivasContinuarContinuarContinuar
Proibir encontros, inclusive religiosos, (acima de 10, 50 pessoas)Continuar – 1050Permitir encontros
Fechamento de restaurantesReabrir com distanciamento físico*ReabrirReabrir
Fechamento de baresContinuarReabrir com distanciamento físico*Reabrir
Fechamento de comércio em geralReabertura parcial* Reabrir em fasesReabrir
Fechamento de comércio em situação especial**Reabertura parcial*ReabrirReabrir
Fechamento de universidades e instituições de ensino superiorContinuarConsiderar reabrirReabrir
Fechamento de escolasReabrir*Reabrir*Reabrir
Fechamento de crechesReabrir*Reabrir*Reabrir
Quarentena de pessoas que estiveram em áreas com alta prevalência Continuar, com informação e monitoramento de dados de contágioContinuar, com informação e monitoramento de dados de contágioContinuar, com informação e monitoramento de dados de contágio
AçãoReabertura inicial somente se todos os critérios acima forem atendidos4 a 8 semanas mais tarde se não houver um aumento significativo no número de casos e os critérios seguirem sendo atendidos8 a 16 semanas mais tarde se não houver um aumento significativo no número de casos e os critérios seguirem sendo atendidos

*Pessoas com mais de 60 anos, inclusive empregados e pessoas com saúde vulnerável devem continuar em suas casas. Ensino online e trabalho remoto seguem sendo encorajados quando possível.

**Comércio em situação especial inclui entidade estrategicamente importantes (ex: infraestrutura); entidades que podem reabrir e assegurar deslocamento seguro, distanciamento físico, afastamento de pessoas doentes e higienização das mãos e do espaço obrigatória na entrada e periodicamente ao longo do dia.

OBS: Decisões sobre quais estabelecimentos podem abrir e quando podem abrir devem ser baseadas em conhecimento / informação contínua (ex., nível de infecciosidade em crianças), disponibilidade de tratamento, aceitação e aderência da comunidade, e outras informações e experiências adquiridas. Outras restrições, como limitar o número de pessoas em transporte público, também são necessárias com reabertura gradual.